Segurança do Paciente



IMHD implanta programa de Segurança do Paciente
 

Um pré-requisito e uma prioridade dentro da instituição. Assim o Itaigara Memorial Hospital Dia percebe a segurança do paciente, assunto que tem sido cada vez mais priorizado nas instituições de saúde do país.  Com ações cada vez mais eficazes, o hospital e o serviço de Gastro-Hepato Endoscopia iniciaram a implantação do Programa de Segurança do Paciente, com o slogan “Segurança para o Paciente, Qualidade para a Gente”, movimento nacional liderado pela Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente - Pólo Bahia (REBRAENSP).
 
Para execução do Programa, o Itaigara Memorial criou o Comitê de Segurança do Paciente, constituído por uma equipe multiprofissional, formada pela diretoria operacional, enfermeiras do centro cirúrgico e da unidade de internação, médico, farmacêutico, área de atendimento ao cliente e uma acadêmica de enfermagem. Este Comitê tem a atribuição de desenvolver, acompanhar e avaliar a efetividade das práticas diárias das metas internacionais de segurança escolhidas para implantação nos exercícios 2010/2011.


                                           

 

Movimento mundial:

O movimento em favor da segurança propagou-se como um desafio mundial após a publicação do relatório “Errar é Humano”, pelo IOM – Institute of Medicine dos EUA. O relatório estimou que 40 a 90 mil norte-americanos morriam a cada ano em decorrência de erros na assistência à saúde, evitáveis se implementadas as devidas medidas de prevenção. “Desde1859, a enfermeira Florence Nightingale dizia: ‘Talvez pareça estranho enunciar como primeiro dever de um hospital não causar mal ao paciente’”, lembra Tânia Chagas. Em 2004 a Organização Mundial de Saúde (OMS) lançou a Aliança Global para a Segurança do Paciente, com o objetivo de facilitar o desenvolvimento de práticas e de políticas de segurança do paciente em todo o mundo.

                                              

 

As cinco metas internacionais de segurança do paciente escolhidas para implantação:

Meta 01: Identificação dos Pacientes: utilizar a pulseira de identificação em todos os pacientes que serão submetidos a procedimentos cirúrgicos e exames diagnósticos nas duas unidades operacionais.
 
Meta 02: Cirurgia Segura: Definir o protocolo para prevenção de cirurgia em local errado, paciente errado e procedimento incorreto.

Meta 03: Comunicação Efetiva. Trabalhar as formas de comunicação verbal, não verbal, escrita, eletrônica, entre outras, como instrumento de segurança e entendimento entre as equipes, pacientes e familiares.

Meta 04: Prevenção de Queda. Definir o que significa queda para a instituição e definir os riscos que cada paciente apresenta para a ocorrência de queda.
Criar um protocolo de prevenção de quedas e desenvolver estratégias para sua prevenção.
 
Meta 05: Reduzir os riscos de Infecção hospitalar. Programa já consolidado no desenvolvimento dos processos operacionais desde 1998.

 

Itaigara Memorial
Itaigara Memorial - Hospital Dia

Rua Altino Serbeto de Barros,119 - Edf. Centro Odonto-Médico Linus Pauling - 3º Andar
CEP: 41.830-907 Itaigara - Salvador - Bahia - Central Telefônica: 71 3453-8500